Descubra 5 museus que valem a visita em Santiago. Se você está planejando uma viagem para a cidade e é um entusiasta da arte, da história e da cultura, então você está no lugar certo. Nesta matéria, vamos compartilhar alguns dos melhores museus para você visitar durante sua estadia na capital chilena.

Continua após a publicidade..

Museu de Arte Contemporânea em Santiago

E depois não deixe de ver a matéria de como viajar MUITO barato a Santiago do Chile. É a matéria mais acessada do blog e vai ajudar você com todo o planejamento da viagem. São várias dicas imperdíveis que vão fazer você economizar MUITO (muito mesmo) e montar toda a sua viagem a Santiago.

Continua após a publicidade..

1. Museu Nacional de Belas Artes (MNBA) em Santiago

O famoso MNBA, ou Museu Nacional de Belas Artes, é quem vai abrir esta matéria sobre os 5 museus que valem a visita em Santiago. Localizado na região central da cidade, na rua José Miguel de la Barra, ele é classificado como uma das mais importantes instituições culturais de todo o Chile, além de ser um dos mais antigos museus de arte da América Latina.

Fachada do Museu Nacional de Belas Artes em Santiago

Dito isso, por lá, espere encontrar uma vasta coleção de arte chilena e internacional, que vai desde o período pré-colombiano até os dias atuais. E essas obras estão expostas de variadas maneiras, como em pinturas, em esculturas e em instalações, fazendo com que o ambiente seja repleto de diversas formas do fazer artístico.

Interior do Museu Nacional de Belas Artes em Santiago

Atualmente, o Museu Nacional de Belas Artes tem um acervo de mais de 5 mil obras, de mestres renomados, como Roberto Matta e Violeta Parra. Caso você tenha se interessado, saiba que a entrada é gratuita e o local funciona de terça a domingo, das 10h às 18h30.

2. Museu de Arte Contemporânea (MAC) em Santiago

Para você que quer ter uma experiência cultural em uma instituição respeitada e super dinâmica, indicamos que visite o Museu de Arte Contemporânea de Santiago. Mas, primeiramente, é necessário entender que seu acervo é divido entre 2 sedes, sendo que a 1ª delas fica atrás do Museu Nacional de Belas Artes, no Parque Forestal; e a 2ª é no parque Quinta Normal.

Museu de Arte Contemporânea no Parque Quinta Normal em Santiago

Dentre os principais artistas que têm trabalhos expostos em ambas as sedes do MAC, estão o Roberto Matta, o Alfredo Jaar, o Nemesio Antúnez, a Catalina Mena e o Samuel Román. O museu conta com exibições permanentes e temporárias que são uma verdadeira aula de história, usando recursos como pinturas, esculturas e fotografias para atingir os visitantes.

Pessoas no Museu de Arte Contemporânea em Santiago

O Museu de Arte Contemporânea em Santiago está aberto ao público de terça a sexta, das 11h às 16h; e aos domingos, das 11h às 17h30. Os ingressos podem ser adquiridos na bilheteria do local ou de forma on-line, sendo que eles custam, em média, entre CLP 2.000 e CLP 5.000 (R$11 e R$27).

3. Museu Chileno de Arte Pré-Colombiana (MAP) em Santiago

Nossa 3ª indicação entre os 5 museus que valem a visita em Santiago é o Museu Chileno de Arte Pré-Colombiana (MAP). Ele fica no Centro Histórico da cidade, a poucos quilômetros da Plaza de Armas. E, como o nome já diz, é dedicado à preservação, pesquisa e exposição da arte e da cultura das civilizações pré-colombianas da América Latina.

Exposição no Museu Chileno de Arte Pré-Colombiana em Santiago

Sendo assim, esta instituição super renomada em Santiago conta com uma coleção impressionante de obras e artefatos arqueológicos. E isso inclui cerâmicas, tecidos, esculturas e joias.

Fachada do Museu Chileno de Arte Pré-Colombiana em Santiago

Os preços dos ingressos para a entrada no Museu Chileno de Arte Pré-Colombiana são acessíveis, com descontos disponíveis para estudantes e idosos. Em média, os valores são de CLP 6.000 a CLP 8.000 (cerca de R$32 a R$43). E o local funciona de terça a domingo, das 10h às 18h.

4. Museu Nacional da História Natural (MNHN) em Santiago

Seguindo nesta matéria sobre os 5 museus que valem a visita em Santiago, temos o Museu Nacional de História Natural. Situado no Parque Quinta Normal, ele abriga uma extensa coleção de espécies de botânicos, zoológicos, geológicos e paleontológicos. Inclusive, conta com fósseis de animais pré-históricos e artefatos indígenas.

Interior do Museu Nacional da História Natural em Santiago

Explore exposições interativas e educativas que destacam a biodiversidade do Chile e a evolução do planeta Terra. O local está aberto de terça a domingo, das 10h às 17h30. E os ingressos são acessíveis, com descontos disponíveis para crianças e grupos. Em média, eles custam entre CLP 4.000 e CLP 6.000 (cerca de R$22 e R$32), a depender das exposições do dia.

Fachada do Museu Nacional da História Natural em Santiago

5. Museu La Chascona em Santiago

A nossa última recomendação dentre os 5 museus que valem a visita em Santiago é o La Chascona. O local foi construído na década de 1950 como um refúgio privado para o artista Pablo Neruda e sua amante, Matilde Urrutia. Porém, atualmente, é um dos melhores pontos turísticos da cidade, onde você fará um passeio único.

Interior do Museu La Chascona em Santiago

Dentro do Museu La Chascona, você vai encontrar muitos objetos pessoais de Neruda e Matilde, como móveis, pinturas e livros. Além disso, os visitantes podem explorar os diversos cômodos do que já foi a casa do artista, incluindo a biblioteca, o estúdio de escrita, o quarto e a sala de jantar.

Fachada do Museu La Chascona em Santiago

O Museu La Chascona fica no Bairro Bellavista e está aberto ao público de terça a domingo, das 10h às 18h. A entrada tem um custo aproximado de CLP 7.000 a CLP 10.000 (cerca de R$37 a R$53) por pessoa, com descontos disponíveis para estudantes, idosos e crianças. Achamos que você vai gostar muito de conhecer esse museu.

Dicas importantes para sua viagem a Santiago

HOSPEDAGEM: escolher bem a localização do seu hotel faz toda a diferença na viagem. Então, se quiser, veja a nossa matéria sobre onde ficar em Santiago. Ela tem as dicas das melhores regiões para se hospedar e de como conseguir um bom hotel economizando muito.

SEGURO VIAGEM: embora não seja um documento obrigatório para a entrada em Santiago, ele é importantíssimo e nós achamos que ninguém deve viajar sem. Além disso, ele é muito mais barato do que as pessoas pensam. E, para economizar ainda mais, use esse comparador de seguro viagem. Ele compara o preço de todas as seguradoras em poucos minutos e mostra as opções mais baratas.

CHIP: para usar o seu celular no exterior, você vai precisar de um chip pré-pago internacional. Portanto, veja aqui o chip que nós sempre usamos. Ele é um dos mais baratos do mercado, tem um sinal excelente e funciona no mundo todo.

INGRESSOS: alguns dos melhores passeios em Santiago são pagos e, por isso, você precisará de ingressos. Dessa forma, a nossa dica é que você compre antes e pela Internet, pois, além de ser a maneira mais barata, você economiza o tempo que perderia nas filas e já viaja com as atrações garantidas. Se quiser, veja aqui o site de ingressos que a gente usa. Ele é excelente e tem todos os ingressos para passeios e excursões.

Mas, caso você não encontre o que deseja no 1º site, também vale a pena olhar neste site aqui, que vende ingressos e passeios de todo o mundo. Nele, as informações estão em português e os valores já são disponibilizados em reais. Inclusive, dá para fazer o pagamento em PIX, que é uma excelente opção para não pagar o IOF.

ALUGUEL DE CARRO: como alguns pontos turísticos, museus e outras atrações ficam mais afastadas do centro da cidade, alugar um carro se torna essencial. Então, se quiser, veja a nossa matéria sobre o aluguel de carro em Santiago. Nela, nós damos todas as dicas de onde você pode conseguir um bom carro por um ótimo preço. Dá para economizar muito.

Veja outras matérias imperdíveis de Santiago:

O que fazer em Santiago do Chile: dicas do que fazer e conhecer na cidade.
Pontos turísticos em Santiago do Chile: principais lugares turísticos para visitar.
Compras em Santiago do Chile: dicas dos melhores lugares para fazer compras.
Todas as dicas de viagem de Santiago: matéria repleta de dicas sobre a cidade.